fbpx

Papo Afro da LBCA

3 de março de 2020  |  Por Santamaria Silveira  |  Atuação intensa marca 1º Papo Afro da LBCA
Atuação intensa marca 1º Papo Afro da LBCA

O 1º Papo Afro da LBCA, realizado no último dia 27 de fevereiro, teve intensa participação dos presentes, que reuniu sócios de todos os níveis e colaboradores, que debateram com franqueza os tópicos levantados e apontaram no dia-a-dia do ambiente de trabalho exemplos de discriminação e preconceito que sofreram ou testemunharam.

O espaço do Subcomitê foi entendido como um “lugar de fala”, ou seja, cada afrodescendente é um protagonista de sua luta e de sua história, onde tem voz e não precisa de um “mediador” para externar ou defender suas causas e seus direitos. Na expectativa dos participantes, o espaço também tem um papel de ser uma troca de experiência e de conscientização sobre o papel e identidade dos profissionais negros do escritório.

Com base em uma pesquisa norte-americana, os participantes também debaterem e exemplificaram a fachada de conformidade que, em muitas ocasiões, precisam assumir para gerenciar suas carreiras, como suprimir crenças de matriz africana, emoções relacionadas ao racismo, valores pessoais e até mudanças estéticas, principalmente voltadas aos cabelos.

Também foi assunto dessa edição do Papo Afro a necessidade de identificação de problemas específicos dos afrodescendentes e medidas concretas que possam advir do Subcomitê. No final do encontro, foram propostos temas para os próximos Papos, como racismo estrutural, oportunidade de trabalho para o negro no mercado, racismo na LBCA, como reagir a uma experiência traumática de racismo, política de cotas, dentre outros. Esse primeiro encontro foi conduzido pela gerente de conteúdo da LBCA, Santa Maria Nogueira Silveira.