fbpx

Livro aponta papel do capitalismo na promoção do bem comum

10 de novembro de 2021  |   ConJur
Livro aponta papel do capitalismo na promoção do bem comum

O papel do capitalismo na construção de um mundo mais justo, inclusivo e socialmente responsável é o tema do livro “Fecho reflexivo na dignidade: função da livre iniciativa de promover o bem de todos”, que o autor Yun Ki Lee lança na próxima quinta-feira (11/11), em São Paulo.

Mestre em Direito Econômico pela PUC-SP e sócio da Lee, Brock, Camargo Advogados, o autor busca explicar como o capitalismo atua na formulação de uma sociedade em que os direitos fundamentais e humanos têm cada vez mais relevância, impulsionados pelo princípio da dignidade da pessoa humana na base do Estado Democrático de Direito.

Na obra, ele recorre ainda a teóricos como Norberto Bobbio, Tércio Sampaio Ferraz Júnior e Robert Alexy para apresentar formulações matemáticas que se aplicam a situações de conflito envolvendo os direitos da pessoa humana.

Nesse sentido, diz o autor, o Direito tem o dever de buscar inovações que resultem em maior proteção à dignidade e à liberdade individual e coletiva.

Lançado pela editora Dialética, o livro tem prefácios do professor de Direito Econômico Ricardo Sayeg e do ex-cônsul-geral da Coreia do Sul em São Paulo Hak You Kim. O posfácio é do professor de Direitos Humanos Wagner Balera.

O lançamento acontece nesta quinta, a partir das 17h, na Business Tower (avenida Dra. Ruth Cardoso, 8501, em Pinheiros).