fbpx

Crowdfunding de investimento cresce na pandemia

9 de setembro de 2020  |  Por Da Redação  |  LBCA
Crowdfunding de investimento

Todo mundo conhece o crowdfunding tradicional, mas nem sempre as pessoas se lembram do crowdfunding de investimento, uma modalidade de financiamento para pequenas empresas e startups que vem crescendo.

1. Como o crowdfunding pode financiar pequenas empresas na atual crise do coronavírus?

Por meio das plataformas eletrônicas de crowdfunding que captam recursos para pequenas empresas e startups desenvolverem produtos e serviços .É o chamado investimento colaborativo. No ano passado, a captação por oferta foi de R$ 984.061,48.

2. A modalidade tem crescido no Brasil?

Sim, o crowdfunding de investimento captou no primeiro semestre desse ano, em plena pandemia, R$ 57,6 milhões em 61 rodadas, de acordo com a Associação Brasileira de Fintechs. Somente podem atuar no segmento sociedades empresariais com receita bruta de até R$ 10 milhões.

3. Como funcionam? E que garantias tomar?

No crowdfunding tradicional, as pessoas doam recursos para financiar um projeto ou ideia. No caso das empresas, elas oferecem aos investidores diferentes tipos de títulos que dão direito a crédito ou participação no negócio, com prazos definidos em contrato de investimento. O prazo de captação não pode exceder 180 dias.

4. É uma modalidade de captação de recursos menos burocrática?

Sim, o processo tem menos burocracia do que em uma instituição financeira tradicional, porque também é uma forma de aplicação financeira para investidores. E o ideal é utilizar plataformas de crowdfunding reguladas pela Comissão de Valores Mobiliários .

Confira as últimas atualizações jurídicas sobre o impacto do Coronavírus no Brasil e no mundo/a>