fbpx

Banca LBCA divulga relatório de práticas ESG e sustentabilidade

20 de dezembro de 2021  |   ConJur
Banca LBCA divulga relatório de práticas ESG e sustentabilidade

O escritório Lee, Brock, Camargo Advogados (LBCA) lançou seu Relatório de Práticas ESG e Sustentabilidade para demonstrar que é uma banca pautada por boas práticas ambientais, sociais e de governança (environmental, social and governance).

A firma instituiu um comitê que está liderando a consolidação da cultura ESG, estabelecida em cinco pilares — sustentabilidade, inovação, diversidade e inclusão, voluntariado e excelência —, que conversam com os valores do escritório.

O relatório também traz a agenda do LBCA voltada à Agenda 2030 e aos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas, estipulando quais deles se encontram em prática.

Dentro dessa perspectiva, um dos projetos implantados é a Justiça sustentável, que atende ao ODS-16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes, e está voltado a ampliar o acesso à justiça por meio de uma série de ações: perspectiva preventivas (práticas e políticas internas), gestão de contencioso, de dados e metadados, canais de atendimento mais acessíveis, conciliação e mediação, incentivo ao Programa Empresa Amiga da Justiça do Tribunal de Justiça de São Paulo, aplicação ética e racional da inteligência artificial, soluções para resolução de conflitos e combate a fomentadores de litígios.

O relatório registra que, nas instalações de um smart building, o LBCA trabalha a partir de três focos: solidez ambiental, ações sociais e governança.

Na solidez ambiental, concentram-se esforços intensivos no Green IT, com uma série de práticas para preservar o meio ambiente, mitigando as atividades da tecnologia da informação sobre o planeta.

Nas ações sociais, abre-se uma série de iniciativas voltadas aos grupos minorizados da banca (mulheres, negros, LGBTQIA+, pessoas com deficiência e refugiados, entre outros), promovendo a diversidade com inclusão, campanhas de conscientização nas redes sociais, debates em webinários temáticos, inclusão de cláusulas de diversidade e inclusão em seus instrumentos, pioneirismo na integração de advogados trans, sala de aleitamento materno, além de uma série de outras ações para mitigar os impactos da Covid-19, interna e externamente, e campanhas sociais. Entre elas, #ajudecomopuder, LBCA na Comunidade e o LBCAbraça — este último dividido em três frentes: orientação jurídica para microempreendedores de baixa renda, capacitação para jovens advogadas e advogados e mentoria para estudantes de Direito.

Já no foco na governança, os destaques estão na adoção de um código de ética e conduta, canal de compliance e segurança de dados, com operação NOC 24×7 (centro de operações de rede), gestão de ameaça e vulnerabilidades, tecnologia contra-ataques DDOs (negação distribuída de serviço), report de gestão de incidentes, entre outras ações.

Nova área

Na nova área de Práticas ESG, o LBCA atua com consultoria sobre responsabilidades, estruturações de práticas e mensuração de riscos que possam comprometer os pilares ESG das empresas, desenvolvimento de estratégias específicas e segmento de litígios.

A LBCA pretende auxiliar as corporações a iniciarem essa transição para as práticas ESG, a partir da definição de uma agenda essencial, visando a um novo futuro de transformações no período pós-pandêmico em curso e ajudando a entender os interesses atuais de todos os stakeholders.

Clique aqui para ler o relatório