fbpx

Nova perspectiva do home office

8 de abril de 2020  |  Por Danielle Ciré   |  LBCA
Nova perspectiva do home office

É indubitável que o ser humano é adaptável, e vai superar essa fase de reclusão forçada imposta pela pandemia da COVID- 19. Sem prejuízo, a adaptação é dolorida. E o que fazer agora? Como organizar a rotina do trabalho em casa, sejam aqueles solitários, como eu, e os demais que precisam conciliar a rotina do trabalho com filhos e familiares?

Reputo e defendo que, inicialmente, é importante inserir na rotina vários elementos que antes não eram possíveis, como um tempo para se exercitar (sim, é possível se exercitar em casa sem necessidade dos aparelhos da academia, nosso corpo tem força para isso), meditação/yoga (limpeza da mente), e leituras e vídeos de espiritualização.

Nessa fase que procuramos refletir o porquê dessa pandemia, o olhar para dentro é essencial, para a preservação da saúde mental. É hora de substituir o tempo que levamos no trânsito pela meditação e o exercício físico. Chegou o momento de segregar o tempo com nosso trabalho e inserção de medidas de cuidados com o nosso eu, nossa alma e o nosso corpo.

E quando estamos no home office, além de conseguirmos executar nossas atividades com mais tranquilidade, sem interferência de reuniões emergenciais, ligações, interrupção de colegas, chefias e subordinados, temos mais tempo de agregar na rotina demais atividades em nosso benefício, além de possibilitar o cuidado com o nosso lar.

Passamos a valorizar nossa casa, cuidar dos seus detalhes com mais carinho e afeição, e a valorizar nossos familiares e amigos. A distância e a reclusão nos conferem a percepção da falta, da necessidade de acolhimento, e nos torna pessoas mais “humanas”, desraigando a correria e a fobia que geralmente temos acumulado com o vai e vem de reuniões, trânsito, urgências desmedidas e filas.

Mantendo-nos com a saúde física e mental preservadas, podemos trabalhar melhor e assim produzimos com mais excelência. Todo dia ao acordar, organizemos nosso to do list, estabelecendo tempo de produção para o trabalho, horas de alimentação regradas (até preparemos os alimentos, inserindo neles nossa energia), tempo de exercício, meditação, televisão e leituras diárias.

Importante não encarar a situação como um sacrifício gerando revolta e rancor. A melhor tática é tirar o aprendizado que todo esse cenário nos confere, para quando tudo isso acabar, eis que tudo é passageiro e transitório, voltemos a nossa vida fortalecidos, mais evoluídos e espiritualizados.

Retornemos como seres humanos melhores, e a cada dia mais aptos a enfrentar os desafios e os dissabores que a vida nos proporciona.

E sim, vamos cumprir nossas obrigações executando um home office com excelência e disposição.

Confira as últimas atualizações jurídicas sobre o impacto do Coronavírus no Brasil e no mundo →