fbpx

Ricardo Freitas, sócio da LBCA, fala sobre Inteligência Artificial no ES

1 de agosto de 2019  |  Por Da Redação  |  LBCA
Inteligencia artificial e direito é tema de palestra de sócio da LBCA

Com o objetivo de sincronizar Inteligência Artificial e Direito, o“ O Uso de Robôs na Advocacia” é o título da palestra que nosso sócio, Ricardo Freitas Silveira, realizará no dia 6 de agosto,  fechando o  seminário “Os Novos Desafios da Advocacia 4.0”, promovido pelo Centro Universitário do Espírito Santo (UNESC) e pela Ordem dos Advogados do Brasil – Secional do Espírito Santo (OAB-ES).

Enquanto especialista em Direito Digital e Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e CDO (Chief Digital Officer)  da LBCA, Freitas irá detalhar as mudanças que a Inteligência Artificial vem trazendo em ritmo exponencial  para a atividade do Direito, que vai muito além da classificação de dados e análise de documentos, porque já realiza tarefas de alto valor agregado.

Inteligência Artificial na advocacia

O segmento jurídico será um dos mais impactados pela transformação provocada pela inteligência artificial. Primeiro, porque está baseado em informações. Contratos e processos carregam em si um gigantesco conjunto de dados, portanto, há matéria-prima. E segundo, porque os benefícios dessa tecnologia, como aumento de produtividade, economia e predição, atingem todos os agentes do segmento, com ênfase para os tribunais e os advogados.

Inúmeros casos reais apresentados por tribunais, empresas e escritórios revelaram um cenário colaborativo que deve nortear esta relação, o caminhar junto, homem e máquina, com resultados incríveis. Novas atividades, maior eficiência e celeridade e, principalmente, humanos realizando tarefas não repetitivas e que não valorizam sua capacidade criativa.

Para contextualizar e provocar reflexões preliminares, confira aqui dez motivos para que seja feita uma real conexão entre o Direito, a tecnologia e a inteligência artificial:

Comentários

Comentários