fbpx

Governo divulga lista de setores mais afetados pela pandemia

16 de setembro de 2020  |  Por Da Redação  |  LBCA
A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia divulgou na Portaria 20.809/2020, com os setores mais impactados pela pandemia de Covid-19.

A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia divulgou na Portaria 20.809/2020, com os setores mais impactados pela pandemia de Covid-19.

1.Quais atividades lideram o ranking do governo?

Foram as atividades artísticas, criativas e de espetáculos, que tiveram seus projetos e apresentações suspensos ou adiados, fragilizando o setor cultural. Uma das medidas mitigadoras que vêm sendo tomada é a antecipação dos editais de prêmio concedidos ao setor por órgãos públicos e privados.

2.Na lista, os transportes também estão destacados?

Sim, foram afetados os transportes aéreo, ferroviário e metroferroviário de passageiros e transporte interestadual e transporte público urbano. No entanto, a crise impactou economicamente, de forma mais efetiva, o setor aéreo, com prejuízo estimado em R$ 131 bilhões. A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) calcula que levará 3 anos para o setor se recuperar.

3. Que outros setores foram mais impactados pela Covid-19?

Na sequência da portaria, o setor de serviços de alojamento e alimentos. O impacto na rede hoteleira foi grande, com cancelamento de reservas e eventos, mas pode se propagar porque as pessoas perderam renda. Já o setor de bares e restaurantes registrou muitas quedas e calcula que 20% dos estabelecimentos não irão abrir suas portas quando passar a crise do coronavírus. Estima, ainda, que houve perda de 1 milhão de empregos.

4. Por que o governo divulgou a portaria?

Tem o sentido de orientar as agências financeiras oficiais de fomento para viabilizar socorro aos setores mais atingidos.

Clique aqui para ver a lista completa.

Confira as últimas atualizações jurídicas sobre o impacto do Coronavírus no Brasil e no mundo/a>