fbpx

Escritório Lee, Brock, Camargo Advogados lança projeto de impacto social

12 de setembro de 2021  |  Por Daniele Gobi  |   ConJur

O escritório Lee, Brock, Camargo Advogados (LBCA) lança no próximo dia 17 seu projeto de impacto social LBCAbraça, com três diferentes programas.

O primeiro a ser implantado é voltado à orientação jurídica para microempreendedores de baixa renda que estejam iniciando seus negócios ou que tenham dúvidas legais sobre suas MEIs. As inscrições já estão abertas. O segundo é uma mentoria para estudantes de Direito, e o terceiro está voltado a orientação do advogado que se inicia na profissão.

Para a sócia Daniele Gobi de Azevedo, coordenadora do projeto LBCAbraça, os programas sociais têm características win-win, isto é, um ganha-ganha para quem presta os serviços, assim como para quem os recebe.

“O nosso projeto social está voltado à nossa expertise, que é o Direito, e é a nossa forma de contribuir para um mundo melhor. Por isso, iremos orientar o pequeno empreendedor, esclarecendo sobre temas jurídicos do dia a dia, direitos e deveres legais.”

O programa voltado a microempreendedores é ministrado por sócios e advogados da LBCA. Na pauta, estão incluídos vários temas sobre microempreendedor individual (o que é, como se tornar, quais as vantagens, quais impostos são obrigatórios e emprego MEI), além de cuidados com financiamento, aluguel, negativação e protesto, incluindo noções trabalhistas, como jornada de trabalho, férias e salário. O curso ainda aborda deveres do fornecedor com base no Código de Defesa do Consumidor.

As exposições acontecerão por meio de aulas online, seguidas de um bate-papo para tirar dúvidas dos microempreendedores participantes. Esse programa virtual também pode ganhar versão presencial, se houver uma demanda para grupo específico de microempreendedores carentes.

O segundo programa do projeto LBCAbraça é de mentoria voltado aos estudantes de Direito e colocação no mercado de trabalho através de aulas online, com orientações sobre diversos aspectos profissionais e pessoais, abordando temas como autoconhecimento para identificar habilidades e aptidões e identificação sobre qual área do Direito o estudante deseja atuar, além de noções básicas da prática jurídica em um escritório de advocacia, jurídico de empresa ou em carreiras públicas.

Por fim, a mentoria irá ajudar estes futuros bacharéis na elaboração de currículo, uso do LinkedIn e como se preparar para os processos seletivos. “Nosso objetivo é que os mentorados sem acompanhados ao longo de seis meses pelos mentores”, diz Gobi.

O terceiro programa do projeto LBCAbraça terá um perfil mais técnico para quem já se graduou em Direito e está iniciando carreira jurídica, atuando de forma autônoma como advogado. Também no formato com palestras online, seguida de bate-papo virtual para tirar dúvidas, o conteúdo inclui gestão administrativa e financeira, gestão de processos e cotidiano forense, como conseguir os primeiros clientes, marketing jurídico, como atender e fidelizar os clientes e, por fim, como se manter atualizado na profissão.

Para se inscrever no primeiro programa para microempreendedores, clique aqui.