fbpx

Cresce o turismo de compartilhamento

14 de setembro de 2021  |  Por Gustavo Cesar Terra Teixeira  |  LBCA
Cresce o turismo de compartilhamento

A tecnologia tem permitido que as pessoas compartilhem suas casas, carros e outros itens e acessem experiências mais econômicas e culturalmente mais ricas.

1.O que é turismo de compartilhamento?
O turismo de compartilhamento, espécie de economia compartilhada, segue a linha de serviços e produtos em plataformas digitais. Interessados em um novo tipo de experiência turística se aproximam de proprietários de imóveis subutilizados ao redor do mundo e, desta forma, as pontas unidas permitem que turistas se hospedem nessas propriedades por poucos dias e vivam uma experiência como se locais fossem, e, ao mesmo tempo, os proprietários se insiram na economia através deste tipo de locação temporária de seus bens.
Através de uma relevante disruptura, a tecnologia permitiu a disponibilidade da união de muito mais dados sobre pessoas a bem e serviços, o que acaba por permitir, no caso do turismo em questão, que imóveis pouco utilizados sejam consumidos como serviços turísticos de hospedagem.

2.Quais são as vantagens?
A vantagem está no compartilhamento, que é uma tendência na maioria dos setores de serviços. Alugar uma casa em aplicativo pode ser mais econômico, e uma experiência cultural diferenciada.

O melhor custo-benefício decorre da tecnologia a qual permitiu a redução de custos atrelado a um compartilhamento de bens e serviços em uma escala nunca antes imaginável.

Além disso, claras vantagens de sustentabilidade na economia de compartilhamento como um todo, a partir do momento que movimenta a máquina econômica através de riquezas já existentes, sem a necessidade de uma produção industrial em massa, sem poluir o meio ambiente (ou pelo menos sem incrementos poluidores).

Assim não é diferente com o turismo de compartilhamento de hospedagens, na medida em que o uso de imóveis já existentes, permitem, por exemplo, a um freio à construção de grandes complexos hoteleiros, muitas vezes em áreas preservada e afins, num ambiente geral em que os recursos são escassos.

3.Como é estabelecido o uso?
Basta acessar a internet e se cadastrar junto a plataformas de turismo compartilhado (não sem antes pesquisar sobre a procedência da plataforma). Seja você interessado na hospedagem, seja você proprietário de um imóvel interessado em girar a economia através da locação por temporada.