fbpx

A importância de ficar atento aos riscos de integridade

30 de setembro de 2021  |  Por Ricardo Coutinho Rezende  |  LBCA

A formulação de uma política dotada de regras claras de integridade são fundamentais para evitar os riscos dentro de uma corporação, constituindo um instrumento fundamental aos programas de compliance.

1.O que são riscos de integridade e como devem ser tratados?

É a possibilidade de danos que podem afetar adversamente a gestão de uma organização, ameaçando sua estrutura legal e negocial. E, se não for identificado e tratado no presente, pode ter impactos danosos no futuro. Gerir os riscos de forma efetiva exige implantar uma série de processos e estratégias capazes de coibir falhas que possam impactar um negócio.

2. Monitorar as ocorrências é um procedimento importante?

Sim, é fundamental identificar as incertezas que cercam determinado negócio, as probabilidades de ocorrência, como os profissionais foram capacitados, como os riscos podem se materializar por meio de condutas não aderentes à cultura de integridade da empresa e burla aos sistemas de controles internos e como isso pode afetar os objetivos definidos pela empresa e sua capacidade de crescer.

3.Quais os benefícios de a corporação estar atenta aos riscos?

Os riscos estão presentes em todas as organizações em diferentes graus, interna e externamente, envolvendo o capital humano, serviços e produtos e o controle das operações. Torna-se fundamental categorizar os eventos de riscos em nível financeiro, tecnológico, social, legal e de conformidade, escudados sempre na transparência. Em caso de possíveis falhas, haverá sempre salvaguardas para mitigar seus efeitos.

4.Quais são os principais riscos que podem decorrer da não adoção de políticas satisfatórias de integridade?

Sem dúvida , são riscos reputacionais relacionados à imagem e marca da organização, que são os seus maiores ativos. As crises corporativas são constantes e os programas de compliance auxiliam a mapear riscos e restringir a vulnerabilidade das companhias cotidianamente expostas a eventos de integridade, que podem ter perfil ético, financeiro, legal, de segurança de tecnologia, somente para citar os principais.